Hoje em dia, com o recurso às redes sociais e à economia colaborativa, é cada vez mais fácil obter um rendimento extra e, consequentemente, uma forma de aumentar o nosso património e de obter uma maior folga orçamental. Conheça nesta artigo algumas sugestões que pode explorar para obter uma fonte de rendimento alternativa.

Crie e monetize um blog

Esta não é uma forma certa e rápida de fazer dinheiro extra, mas se tiver uma paixão por algo, seja escrita, moda, beleza, literatura ou mesmo finanças, por exemplo, porque não explorá-la num blog? Com conteúdo interessante e bem apresentado (e divulgado), atrairá com certeza uma boa base de leitores. A partir daí, pode fazer dinheiro de várias formas a partir do seu blog. A mais fácil talvez seja com anúncios, mais pode sempre recorrer também a programas de afiliados, aceitar artigos patrocinados, etc. Há muitas possibilidades de fazer dinheiro quando se tem um blog e criatividade suficiente para mantê-lo. 🙂

screenshot_partners-02-02-e1462812670239-678x800

O Boonzi tem também um programa de afiliados para bloggers ou pessoas com quaisquer canais de comunicação. Saiba mais sobre o programa de afiliados do Boonzi aqui.

Crie produtos digitais

Imagine que tem imenso sucesso com o seu blog em termos de visualizações, interacção, comentários de leitores, etc. Já pensou em criar produtos digitais associados ao blog para obter rendimento passivo? Estamos a falar de ebooks e ecourses (cursos online) ligados à temática que aborda no blog. Veja, por exemplo, o exemplo do blog A Beautiful Mess, que desenvolve cursos online para outros bloggers.

Organize workshops

Startup Stock Photos

Hoje em dia, se for expert numa área, é facílimo organizar os seus próprios workshops e obter deles um lucro simpático.
Antes de anunciar um workshop, tenha o programa bem definido, bem como o preço, duração e o que está incluído no mesmo. Depois, divulgue ao máximo! Utilize grupos de Facebook* para esse efeito, anuncie gratuitamente no site workshops.pt, crie anúncios pagos no Facebook se sentir necessidade ou recorra a aplicações como a Meetup para recrutar os seus alunos.

* alguns grupos para divulgação de workshops no Facebook:

Eventos e Workshops Portugal
Workshops e Cursos Portugal
Cursos e Workshops Portugal
Cursos e Workshops em Portugal

Venda o que já não usa

venda-em-segunda-mao

Tem artigos, electrodomésticos, aparelhos electrónicos ou peças de vestuário em casa que já não usa? Venda-os! Online ou numa feira de artigos em segunda mão (cada vez mais procurados) na sua cidade. Online existem sites como o OLX onde pode vender qualquer coisa. Se prefere a venda directa e pessoal, faça uma pesquisa no Google por feiras na sua cidade. Em Lisboa, por exemplo tem lugar uma das feiras mais conhecidas do país, a Feira da Ladra, mas há feiras menos conhecidas e igualmente boas em venda de artigos em segunda mão, tais como a Feira das Almas.

Crie a sua própria loja online

Hoje em dia, podemos contar com o poder das redes sociais e de lojas e leilões online como o eBay e o Amazon. Talvez por isso, algumas pessoas têm começado a criar lojas online nas quais revendem produtos que adquirem nestes sites e importam do estrangeiro. Se gosta de vendas e gostaria de criar e gerir a sua própria loja online, pense em algo que tenha bastante procura e crie a loja em torno de um tema, ou seja, não tente ter de tudo um pouco. Por exemplo: uma loja de fatos de banho e bikinis, uma loja de acessórios de moda, de capas de telemóvel, uma loja de livros, etc.

Alugue um quarto em sua casa

Mais um exemplo de como as tecnologias e novas invenções nos podem ajudar não só a poupar, mas a aumentar os nossos rendimentos. O Airbnb, por exemplo, pode ajudá-lo a poupar dinheiro em alojamento quando viaja, mas também a ganhar dinheiro com quem viaja. Se tem um quarto a mais em sua casa, considere a hipótese de o alugar a turistas que querem visitar o país. Visite o site do Airbnb e veja exemplos de quartos que outras pessoas alugam pelo mundo todo. Se decidir alugar um quarto em sua casa, não se esqueça de investir na qualidade das fotografias.

Alugue o seu espaço de garagem

Se tem um lugar de garagem de que não precisa ou do qual não se importaria de abdicar em troca de um rendimento mensal extra, alugue-o. Mesmo sem recorrer à internet, não é difícil encontrar interessados somente ao distribuir anúncios pela sua rua ou bairro. Online, pode sempre recorrer ao OLX, Imovirtual, Ocasião ou qualquer outro site do género para colocar a sua oferta de estacionamento.

Venda a sua fotografia

fotografia

Por falar nesta arte, se por acaso tem olho fotográfico e um jeito para a fotografia acima da média, tem aqui várias hipóteses de monetizar o seu talento. A forma mais óbvia é vender os seus serviços como fotógrafo freelancer a partir de um website onde coloca o seu portfólio ou também através de uma página de Facebook criada com esse propósito. Outra forma de fazer render o seu talento, é vendendo fotos tiradas por si a bancos de imagens. Informe-se em sites como o iStock como deve fazer para submeter e vender as suas fotos.

Venda as suas criações de arte ou artesanato

Se houvesse uma dica gera para resumir este artigo seria simplesmente “monetize os seus talentos”. Tal como na dica anterior, se tem um talento especial para as artes ou artesanato, comece a participar em feiras e não deixe de montar também o seu negócio online. Algumas feiras de artesanato populares são, por exemplo, a Feira das Almas (Lisboa), o Lx Market (Lisboa) o Mercado de Porto Belo (Porto), entre outros. Conheça aqui várias feiras de artesanato em Portugal.

Cozinhe para turistas

cozinhar-para-turistas

Já deixámos bastante claro que a interacção com turistas pode resultar num rendimento extra ao mencionarmos o aluguer de quartos. Mas se não dispõe de um quarto ou não se sente confortável para partilhar o seu espaço pessoal com estranhos, porque não explorar esta opção e cozinhar para eles? O site Meal Sharing, permite-lhe inscrever-se como anfitrião e listar alguns pratos e refeições que está disposto a servir. Mais uma vez, incentivamo-lo a explorar o site e a ver exemplos de pratos e preços. Os preços cobrados pelos anfitriões são pagos por cabeça. Ou seja, se um prato tiver um preço de 10€ e os visitantes levarem cinco pessoas, ganhará 50€ numa única refeição.

Torne-se motorista privado

Os serviços dos motoristas privados da Uber e da Cabify é cada vez mais procurado. Se tem carta de ligeiros, um carro fabricado a partir de 2008, um smartphone (> iOS 7 ou > Android 4.0) e algum tempo livre, porque não informar-se acerca das condições necessárias para ser tornar um motorista privado?

Saiba como tornar-se motorista Uber aqui ou motorista Cabify aqui.

Junte-se à caça aos bugs

Bugs informáticos, queremos dizer. Há empresas que pagam a quem queira ajudá-las a identificar bugs nos seus softwares e sites. Alguns dos sites em que se pode registar para identificar bugs são:

HackerOne
Bugcrowd
CrowdTest
Synack

Gostou das nossas sugestões? Coloca alguma delas em prática ou tem outras sugestões para adicionar à lista? Sinta-se à vontade de partilhá-las connosco nos comentários! 🙂