11 lições financeiras de Sophia Amoruso, autora de Girlboss e fundadora da Nasty Gal

Artigo escrito para o site do Boonzi – artigo original

Sophia Amoruso tornou-se multimilionária com a sua marca de roupa Nasty Gal, a qual surgiu em 2006 inicialmente apenas como uma loja no eBay. E se em 2008 a Nasty Gal valia §223.000, por volta de 2011 o valor subiu para uns impressionantes $23 milhões. Precisa de mais razões para levar a sério as dicas financeiras desta Girlboss? Conheça-as neste artigo.

Se nunca ouviu falar da marca de roupa Nasty Gal, talvez o nome Girlboss não lhe seja totalmente desconhecido. Tendo surgido inicialmente sob a forma de título do primeiro livro de Sophia Amoruso, Girlboss é agora também um movimento.

Os conselhos financeiros de Amoruso no livro #GirlBoss são simples: os trabalhos “chatos” de início de carreira ensinam lições valiosas, deve sempre poupar parte do seu ordenado, não deve mastigar pastilhas elásticas em entrevistas. Este último conselho pode parecer distanciar-se do tema, mas se se sair mal numa entrevista de emprego, não ficará com o lugar e não poderá contar com essa fonte de rendimento. No fundo, serve para mostrar que tudo o que fazemos na vida tem consequências, umas mais graves, outras menos.

No capítulo do livro #Girlboss intitulado “O dinheiro fica melhor no banco do que nos seus pés”, Sophia Amoruso destaca as seguintes dicas financeiras que aprendeu com a experiência.

“As grandes empresas – tal como a Máfia – nunca esquecem, nunca desistem e recebem sempre o seu dinheiro. Pague-lhes antes que eles o apanhem. Pague e pague a tempo.”

– Sophia Amoruso

AAEAAQAAAAAAAA0rAAAAJDQ5NThkYTBlLTJhNTktNDQ1Ny1hOTBkLTM1NjJmY2U2YTZkMQ

Não deixe para mais tarde as boas decisões financeiras que pode tomar agora

Estar nas lonas não tem piada; comece a tomar decisões inteligentes agora para evitar pagar por erros estúpidos mais tarde.

Mais tarde ou mais cedo, as dívidas apanham-no

(sobre um soutien que comprou a crédito na Victoria’s Secret e cujos juros acumularam)

Como o meu soutien copa A fez para mim, são as pequenas coisas que podem e vão destruir o seu crédito. Por mais desagradável que possa parecer quando está ocupado a tentar conquistar o mundo, é igualmente importante ter as suas contas sob controlo.

As multas de estacionamento podem acabar por lhe custar milhares de dólares e chatices em tribunal. (Também) pode, de repente, encontrar o apartamento dos seus sonhos e este ser-lhe negado  por causa daquele maldito cartão de crédito que fez e se esqueceu…

Se partilhar casa, partilhe as responsabilidades e as contas

As situações de vida compartilhada também são um modelo para o desastre financeiro, por isso tente partilhar os encargos com os seus companheiros de casa em vez de fazer voluntariado ao ter todas as contas em seu nome. Melhor ainda, se está preocupado com a possibilidade de alguém não cumprir com as suas obrigações, não viva com essa pessoa. Viver numa casa de festa é divertidíssimo até que a festa acabar e fica com uma factura de 800€ de gás para pagar e os seus companheiros de casa – que são como seus melhores amigos para sempre […] – subitamente desaparecem em combate.

money-256312_1280

Não ignore as suas dívidas, não é por isso que vão desaparecer

As contas, infelizmente, não são um caso de ignoro-logo-desaparecem. Se tem vindo a receber avisos de atraso no pagamento do seu serviço de tv de duas em duas semanas nos últimos três meses e, de repente, esses avisos deixam de chegar ao seu correio, não pense que é porque se esqueceram de si e passaram para outra pessoa. As grandes empresas – tal como a Máfia – nunca esquecem, nunca desistem e recebem sempre o seu dinheiro. Pague-lhes antes que eles o apanhem. Pague e pague a tempo.

“O dinheiro é rei” (cash is king)

[…] É tão simples, mas tão difícil para muitas pessoas entenderem: não gaste mais dinheiro do que aquele que tem. Infelizmente, fazer isso não é apenas a norma para muitas pessoas, mas também um indicador de sucesso.
Ao crescer nos subúrbios vi-o frequentemente: a exibição da piscina no jardim ou um novo monster truck. Estas coisas não eram um sinal do que essas pessoas podiam pagar, mas apenas do que podiam pedir emprestado.

Lá porque o seu vencimento aumentou, não quer dizer que deva aumentar os seus gastos

Outro grande não-não está em aumentar os seus gastos assim que o seu rendimento aumenta. Eu sempre tive o cuidado de evitar esta armadilha. Durante muito tempo estava tão concentrada em fazer crescer o meu negócio que gastar dinheiro em mim nem sequer cruzava a minha mente. Mesmo se eu quisesse largar $500 num par de sapatos, estava demasiado ocupada […] Se o seu tempo gasto a ganhar dinheiro é significativamente maior do que o seu tempo passado a gastar dinheiro, vai surpreender-se com o quanto pode poupar sem realmente pensar nisso.

A literacia financeira pode ajudá-lo a poupar milhares

Um dos melhores livros que li foi “O homem mais rico da Babilónia”, de George S. Clason. O meu ex-namorado leu e levou um pontapé na bunda forte o suficiente para que conseguisse livrar-se das dívidas e acabou por poupar milhares de dólares.

Poupe 10% do seu ordenado e construa um fundo de emergência

A maioria dos americanos só economiza 6,5% do seu rendimento, o que está apenas mantendo-se com a inflação. Mas você … deve economizar 10 por cento no mínimo. Em saber que é muito mais fácil falar sobre poupar dinheiro do que é realmente salvá-lo. Aqui está uma dica: tratar sua conta de poupança como se fosse mais uma despesa. Tem que ser paga a cada mês ou existirão consequências.
Se você tiver um depósito direto, tenha uma parte do seu salário automaticamente desviado para uma conta poupança. Uma vez que lá, esqueça-a. Nunca chegou sequer a ver esse dinheiro. É apenas um fundo de emergência (e as férias não são emergências).

O dinheiro fica melhor no banco do que nos seus pés

dicas-girlboss

Se está tentado a comprar algo, basta imaginar que esses sapatos novos são realmente feitos de notas de 20€. Essas notas de 20€ parecem bonitas quando se sujam na calçada? Não, não parecem. Isso é porque elas ficam realmente melhores no banco do que nos seus pés.

Invista em si

Gaste dinheiro porque é um investimento no seu próprio bem-estar, não porque está entediado e não tem mais nada para fazer. Não compre coisas só porque pode.

Sobre pedir aumentos e negociar rendas (e o que quer que seja)

Não se consegue aquilo que não se pede.

Embora a Nasty Gal tenha declarado falência no final do ano passado, as dicas da sua fundadora continuam a fazer todo o sentido no campo das finanças pessoais. 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *